13 de mar de 2012

0

Exercícios para uma barriga sequinha

Exercícios para uma barriga sequinha 
Desejado por homens e mulheres, não é impossível conseguir o tão sonhado “abdômen sarado”. Para isto, comece já a exercitar corretamente a região abdominal, que além de enrijecer e definir a barriga, fortalece os músculos da região melhorando a postura.O ideal é que você realize os treinos três vezes na semana e em dois meses os resultados aparecerão. No entanto, para que haja perda de gordura, os abdominais devem ser associados a exercícios aeróbicos, como andar, correr ou nadar.
“Se o seu sonho é uma barriga “tanque de lavar roupa” ou para os mais humildes, apenas uma barriga lisinha, a solução é malhar”Os exercícios a seguir foram divididos em duas séries. As iniciantes devem fazer apenas a série A, depois de três semanas, inclua em seu treinamento os exercícios da série B.
Série A: Iniciante

Faça 4 séries de 10 movimentos, sendo que em todos os exercícios você deverá manter a contração da região abdominal tanto na subida quanto na descida do movimento

1. Inspire o ar e, expirando, eleve cabeça e ombros do chão, mantendo a coluna apoiada. Concentre o esforço no abdômen para não forçar o pescoço. Volte lentamente à posição inicial

2. Para a musculatura oblíqua; mantenha a coluna apoiada e vire suavemente o quadril de modo que apenas um dos lados do glúteo permanecerá apoiado no chão. Pernas flexionadas, suba o tronco e o ombro que está apoiado como se fosse em direção ao quadril. Volte devagar



3. Apóie as mãos debaixo do quadril, cruze as pernas ou não e estenda-se em direção ao teto.
Eleve um pouquinho o quadril até tirar ligeiramente os glúteos do chão e volte devagar, sem soltar de uma vez as pernas.

4. Deitada decúbito ventral (barriga para baixo), pernas unidas e estendidas e braços apoiados no chão.Mantenha o tronco reto num só prolongamento de modo que o seu abdômen ficará como o centro da sua força. Conte até 10 devagar e relaxe.

Série B: Avançada

Cada série tem agora 20 repetições.

1. Flexione as pernas, formando um ângulo de 90 graus. Mãos cruzadas na nuca tirem os ombros do chão em dois tempos e desça devagar, expirando. Não grude o queixo no peito nem mexa as pernas.
2. Cruze uma das pernas sobre a que está apoiada no chão.
Eleve o tronco como se fosse tocar o joelho dobrado com o cotovelo oposto, sem fechar os braços. Inverta as pernas e recomece a contagem.

3. Apóiem-se nos cotovelo mãos sob o quadril.
Puxe os joelhos flexionados em direção ao peito e estenda-os, sem tocar o chão. Cuidado para não arquear a coluna e mantenha os ombros relaxados.
4. Deitada de lado, una e flexione as pernas.
Suba o tronco e o ombro que está apoiado como se fosse em direção aos pés, com cuidado para não mexer os joelhos.

0 comentários:

Postar um comentário